quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Notas Madrugais


Dizem que da insônia brotam várias idéias boas né? Que há uma espécie de “inspiração noturna” que acomete as mentes pensantes e as levam à uma total exaustão de idéias e criatividade digna de mestres e artistas diversos. Quase um nirvana, um êxtase, um caminho rumo ao ápice de qualquer coisa, geralmente para lugar algum... Bem, no meu caso, sinto-me sem sono e mesmo após 2 chopp’s e alguns desenhos, há uma certa dor de cabeça e ainda assim insisto no Jefferson Airplane – baixinho, claro – à meia-luz, para dar um clima nostálgico e tentar fazer com que o sono chegue.

Ocorre que, de fato ele não chega. E quanto mais música se escuta, mais sua mente funciona, e mais você quer pensar, mais agitado fica, e a madrugada começa a te rasgar por dentro, num grau de ansiedade que filme algum supre, principalmente se você não é adepto de TV e o controle remoto não lhe inspira muita simpatia...

Você para, pensa. Vai até a janela... talvez pense em fumar um cigarro, talvez se pergunte se ainda sobrou um pouco daquele vinho, mas no entanto, o que quer que faça não traz o sono. E a verdade é que, com inspiração ou não, a mente na madrugada realmente trabalha de forma estranha, e as vezes até mesmo surreal, como a idéia caótica de ir até a cozinha com seu traje de zumbi e passar aquele cafezinho as 2 da madrugada – cafeína?? Ah meu bem, desgraça pouca é bobagem...

O que quer que passe pela mente na madrugada tem às vezes aquele “Q” de novidade e inquietação. Uma vontade de fazer algo novo, de sentar e esperar pela idéia brilhante, pela (novamente) “inspiração noturna”, pelo surreal que sua mente te faz acreditar que vai brotar, quase que naturalmente, e que às vezes brota, às vezes não. Vai depender de se é de fato um artista nato – salve todos, e que trabalhem mais e mais pelas madrugadas! – ou apenas mais um semi-zumbi, que troca o dia pela noite voluntaria ou involuntariamente.

De qualquer forma, após dias sem dormir de “bate-pronto” você começa a notar que existe sim uma magia na madrugada. Você levanta, vai até a janela, a abre e o que vê é a cidade em silêncio, com poucas luzes acesas. E é tudo tão sereno, lá fora parece tudo tão calmo, tão tranqüilo... com os poucos carros quase que passando acima do chão, planando pelas ruas tão suavemente, que aquele cigarro na sua mão já não faz o menor sentido... e o café perde a razão de ser... e a música acaba sem que você perceba. E do nada, quase que inexplicavelmente o sono vem. E aí, desliga-se o abajour, da-se boa noite a si mesmo, e espere para o próximo turbilhão de inquietação do dia seguinte, porquê sua mente por hoje – friso bem, POR HOJE – cansou. E amanhã deve estar preparada para mais um surto de criatividade e introspecção noturna. Então por hoje, boa noite.

Mariana Abreu



Ilustração por: Mariana Abreu

5 comentários:

marcelle disse...

Achei sexy (a foto E o texto). Escreva mais!

Camilla Carvalho disse...

Nossa! Qdo tenho insonia nao luto mais contra ela. A a derrota he inevitavel mesmo.
Linda foto,heim!
A a fotografa merecia o credito...hahahahahaha
Bjs amigona

Tatiana disse...

Nunca pensei em ter insonia, mas meu corpo, ou meu cérebro sem minha autorização resolveram não querer que eu durma por alguns dias...logo eu que sempre tive afinidade com o sono...mas é isso aí, um dia a gente cresce e a insonia vem e inevitavelmente temos que lidar com ela...lindo texto! beijo grade! tati

La Mica Devil disse...

Taí um problema q eu ñ tenho mesmo.Ao menos por enquanto né.
E se tem uma coisa nessa vida q eu curto, é dormir!EM qquer lugar, hora, e talz.
Ao menos vc faz algo q presta qd está sem dormir né!
Rende!


*aeeeeeeeeeeee!Escrevinhando!Mandou bem.Agora dei valor!
Vai lá no blog tbm.Dá uma colaboração marota.Afinal de contas, lá eu ñ tenho critérios de nada mesmo.Pode falar d qquer coisa.Até postar só foto,
se quiser =)

Bjunda

Luciano Freitas disse...

Quando não tenho sono (todas as noites) eu vou para o PC e jogo coisas como Call of Duty, Medal of Honor, Brothers in Arms... Acredite! Matar alemães na 2ª Guerra dá o maior sono! rs Quando não vou para os jogos, pego o violão e componho algo... mas durmo antes de terminar, sempre rs.

Leia também: