domingo, 16 de outubro de 2011

Bad Religion na Fundição Progresso!!!




Bad Religion
15/10/2011
Fundição Progresso (Lapa, Rio de Janeiro/RJ)
BAD RELIGION – FISTT

Esse era um daqueles shows que qualquer criatura que se diga fã de Punk Rock, Hardcore ou coisa que o valha tinha a obrigação de conferir. A maior banda de Punk Rock/Hardcore de todos os tempos fechando turnê em pleno Rio de Janeiro; rumores dando conta de que o Bad Religion estaria para encerrar atividades, enfim. Todos os ingredientes, todas as circunstâncias conspiravam para uma noite, no mínimo, histórica na Fundição Progresso! Como disse, qualquer um com o mínimo de envolvimento com Punk Rock e Hardcore tinha a obrigação de bater ponto em mais uma passagem dos mestres do Punk Rock por terras cariocas.

O último álbum da banda, Dissent of Man, apesar dos elogios, ao que parece ainda não foi totalmente digerido pela maioria dos fãs. E de alguma forma essa sensação se refletia na galera que  encheu a Fundição Progresso nessa noite chuvosa de sábado. Por se tratar da tour de comemoração dos trinta anos do Bad Religion, ficava claro que o povo queria os clássicos! E eles apareceriam ao longo do show...! Vale citar a participação da banda paulista Fistt na abertura dos trabalhos na Fundição. Apesar da ansiedade causada pela espera para que o BR subisse logo ao palco, havia uma galera curtindo o show dos caras e cantando suas músicas. Seguraram a onda, tocaram relaxados e fizeram uma boa participação.

Hora do show! Sr.Greg Graffin e seus comandados tomaram conta do palco para mais uma aula! De cara, som do último trabalho cantado a plenos pulmões pela galera colada na grade! Sem o menor constrangimento os caras despejaram em cima do povo, logo na sequência “Social Suicide” e “21st Century (Digital Boy)”! Nem precisa dizer que o lugar virou a sucursal do inferno com a galera explodindo e berrando tuto do início ao fim! A festa havia começado! E, literalmente, não havia pra onde correr! Na grade, uma situação lindamente insuportável (ao menos pra este que vos escreve), e logo atrás uma roda monstruosa! E tome gente sendo jogada de um lado pro outro! E  tudo isso sendo comandado, com maestria, por um frontman simplesmente perfeito e uma banda ‘inclassificável’ (no melhor dos sentidos)! Perfeito!

O que veio a seguir não tem nome! Uma penca de sons de todas as fases da banda fez a alegria da galera na Fundição! “Modern Man”, “Recipe for Hate”, “Los Angeles is Burning” (maravilhosa!), “Come Join Us” (juro que não esperava essa – absurdo!), “Stranger than Fiction” e por aí vai! E tome pedrada!!! “No Control”, “Suffer”, “You”, “Atomic Garden”, “Let than Eat War” (ok, a participação do “fã” foi brochante... avisem pro garoto que ele NÃO É o Tim do Rise Against – mas é claro que a banda não tem nada haver com isso)... enfim. Mais sons dos primeiros anos da banda seria mais que perfeito, mas “Fuck Armagedon...This is Hell” soou perfeita! O que é que foi aquilo!?! Só não foi mais furiosa que a versão doentia de “Generator”, que transformou a Fundição numa roda de pogo de proporções olímpicas (não usava esse termo tem muito tempo...)! Mais uma vez: ‘inclassificável’!!!

“Along the Way” fez tudo mundo cantar e pular junto com a banda! E antes de entrar na parte final do show, vale citar aquele quase-senhor, meio gordinho, do lado esquerdo do palco com sua Les Paul: Braian Baker é simplesmente um E.T!!!! O maior guitarrista de Punk Rock/Hardcore de todos os tempos e para todo o sempre foi, no mínimo, um monstro! O cara toca muita guitarra!!!! Na volta pro bis, “American Jesus” (arrasadora), “Infected” (do perfeito álbum Stranger than Fiction) e “Sorrow” fecharam uma apresentação memorável, fantástica, uma verdadeira aula de Punk Rock bem no Dia do Professor!!!

Como todos sabem, rolam boatos de que este foi o último show da última tour da banda. A própria banda teria anunciado, em entrevista, que gravaria mais um álbum e encerraria atividades, sem tour de divulgação nem nada. Vai saber, seria uma perda irreparável não só para o Punk Rock, mas para o Rock mundial de uma forma geral. Não tem como falar de Punk Rock sem citar Bad Religion! Uma autêntica lenda viva (ao menos por enquanto)! Perfeita no palco, na postura, no discursso, enfim. Esse scaras escreveram a história do Hardcore. E nessa noite de sábado, escreveram mais um capítulo da história do Punk Rock no Brasil. De fato, não havia lugar melhor que o Rio pra encerrar uma tour como essa! Perfeito! Obrigado Bad Religion!!!!

Rafael A.


Mais fotos do show do Bad Religion na Fundição Progresso no perfil do FMZ no Facebook    



3 comentários:

Rodolfo Caravana disse...

Puta que pariu! Sem dinheiro pra comprar o ingresso, sem carteirinha de meia, com dor de garganta e tomando antibiótico, chovendo lá fora! O universo fez de tudo e não vi esse show, mas espero muito que haja um próximo! Ótima resenha, Bobó, aposto que você pôs tudo pra fora nesse dia.
Rodolfo

Lucamoraes disse...

Eu sou o garoto broxante haha
Pedi pra cantar no comeco do show, o Greg deixou e foi muito foda (diga se de passagem que o Tim nao foi a unica pessoa que ja tentou cantar o rap ao vivo) .
Valeu a pena ter cantado parte da minha musica favorita com uma das minhas bandas favoritas ao vivo e sair la de cima com uma toalha de presente e palheta do Brian.

eu disse...

HAHAHAHA, AMEI o coment acima! Rapaz, tu mandou bem, parabéns!
Bobó, meu herói, a noite foi perfeita: Amigos como você, cerveja e o Bad Religion. Sério, memorável! Abração!
Bolinho

Leia também: