sexta-feira, 24 de março de 2017

Xarles :: Compositor gonçalense com novidade no Youtube!


por: Latitude Zero Prod.

O compositor Xarles (foto), de São Gonçalo/RJ, está com material novo circulando por aí! Foi lançada ontem, via Kbeça Discos, a nova versão de “Ilha das Flores”! Originalmente lançada no primeiro EP do Projeto Mosquitos, que contava com Xarles e, o editor aqui do FMZ, Rafael A., a música reaparece com nova roupagem, e participação do mesmo na guitarra. A produção ficou a cargo de Felipe Kbeça! E, fiquem ligados que, em breve tem entrevista de Xarles, aqui no FMZ, ok? Segue a nova versão de “Ïlha das Flores”:


foto: Latitude Zero Prod.

domingo, 19 de março de 2017

Chuck Berry :: 1926-2017


por: Rafael A.

Vale nota atrasada? Acho que sim... É só pra lembrar que, desde ontem, o nosso Rock'n'Roll e a música ficaram um pouquinho mais tristes. Sabe quando você ouve essas notícias, assim de sopetão, no rádio e pensa “cara, não vai sobrar ninguém..”? Bom, entre os fãs do jovenzinho aí da foto estão (além de você e eu) só, Beatles e Stones. Ou seja, nem precisa se dar o trabalho de escrever muito. Só pra constar neste fanzine, e render as devidas (e merecidas) homenagens, ok? Morreu ontem, aos 90 anos, Charles Edward Anderson Berry, o Chuck Berry.




Foto: Divulgação 

sábado, 18 de março de 2017

Metallica Pub :: Café Tormenta de volta a SG logo mais!

por: Rafael A.

Hoje é dia de bater ponto em nosso bom e velho Metallica Pub! Os cariocas da (ótima) banda Café Tormenta (foto) atravessam a ponte e retornam ao espaço do bairro Porto Novo pra um super show, a partir das 20:30h! Com influências que vão do Stoner Rock ao som psicodélico, a banda formada em 2010 promete um senhor show, sábado no Metallica Pub! Como sempre, a entrada é franca. E a casa ainda promete a maior promoção de cervejas do ano! Já viu, né? Nada de ficar em casa! O Metallica Pub fica na Rua José do Patrocínio, 42, Porto Novo, São Gonçalo/RJ. Informações no Facebook do Metallica Pub.

foto: Mixter Mixtermixter

sexta-feira, 17 de março de 2017

Artigo :: Desde Aquele Dia


por: Rafael A.

Já se vão mais de trinta anos desde que 'os darks de branco' (assim chamou alguém da imprensa, na época) deram as caras no cenário do BRock 80. Vindos de uma terra distante, estavam 'longe demais das capitais' (assim se chama seu primeiro álbum, lançado em 1986) pra não causar espanto. Ou, ao menos, soarem meio perdidos em meio a tantos nomes de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

No final das contas, só o Rock Gaúcho seria capaz de apresentar ao Brasil uma banda como essa. Garotos da Rua, De Falla, Os Replicantes (coisa mais linda!), TNT... e Engenheiros do Hawaii! Esse era o time do pau de sebo (chamavam assim na época, depois virou coletânea... rs) Rock Grande do Sul (1985)! Assim a banda de Humberto Gessinger (foto) aparecia para o Brasil.

No segundo álbum, assim como no álbum de estreia, vieram hits! Mas não foi só isso. “A Revolta dos Dândis” (lançado em 1987) trazia também o que viria a se tornar a formação clássica dos Engenheiros do Hawaii. Gessinger (deixando a guitarra e indo pro baixo e voz), Licks (espetacular guitarrista) e Maltz (batera idem). GLM, assim ficou conhecida. Anos mais tarde, a sigla viraria nome de disco, inclusive.

Foi por essa época aí, que este que vos escreve teve o primeiro contato com a obra de Humberto Gessinger. Primeiro num CD coletânea do tipo “as melhores de..”, depois no citado “GLM” (1992), depois de ouvir e ser devidamente esbofeteado por “Ninguém = Ninguém”! A audição na Transamérica FM me valeria não só mais uma banda pra desvendar, descobrir, esmiuçar, mas apresentava ao, então, pré adolescente aqui Kafka, Orwell e mais um monte de gente!

Ah sim! As citações! Niemeyer, Ferreira Gullar, Pink Floyd, Sartre.. Uau!! O baixista e vocal Humberto não viria a se tornar escritor, anos depois, à toa. O texto do cara é incrível! Tão incrível quanto as viagens de álbuns como “O Papa é Pop” (1990) e “Várias Variáveis” (1991), favoritos deste que vos escreve junto com o disco azul (o GLM que falei aí em cima). Discos com começo meio e fim. Citações, músicas que reaparecem, volta pra cá, sai de lá e completa lá na frente! Coisa de fã de Rock Progressivo, claro!

A formação GLM se desfez (mas não sem antes deixar o sensacional “Filmes de Guerra, Cançoes de Amor”, de 93). Veio o (lindo) “Simples de Coração” (1995), o projeto Humberto Gessinger Trio (1996) e outros álbuns dos Engenheiros do Hawaii com formações que mudavam, mas, enfim... O cara, ele, Humberto Gessinger, sempre esteve ali, lembrando a gente que, de alguma forma, a obra dos Eng Haw continuava viva, se transformando. Ah, claro: “Minuano” (1997), “Surfando Karmas e DNA” (2002) e “Dançando no Campo Minado” (2003) são discos que valem a pena serem ouvidos, hein?

Anos mais tarde, em épocas de redes sociais, blogs e perfis, reencontro o Sr.Humberto Gessinger, já devidamente de posse de uma carreira de escritor e um trabalho solo e tanto! Ao lado de Duka Leindecker, da ótima (e também gaúcha) banda Cidadão Quem, Humberto se lança no formato power duo (assim ele chamou) Pouca Vogal. Lindo de se ouvir! E a obra seguiu em frente com “Insular” (2013) e “Louco Pra Ficar Legal” (2016), agora sim, lançados como álbuns solo de Humberto Gessinger. Mais belas canções...

Hoje, com o advento das mídias digitais, plataformas e tudo o mais, fica fácil perceber que o eterno líder dos Engenheiros do Hawaii, além de letrista de primeira e escritor, é também um senhor multi instrumentista! Uma série de twitcams (ainda se faz isso hoje em dia?) revisitou todos os álbuns de sua antiga banda, há um tempo. Mais que isso, serviu pra deixar muita gente de boca aberta, com Gessinger tocando tudo quanto era instrumento!

E mesmo as canções da época de Eng Haw, quando reaparecem em sua carreira solo, surgem com nova roupagem. 'Variações de um mesmo tema', formas e mais formas de contar uma 'história repetida'. E se a história é boa...

Este que vos escreve teve o prazer de assistir a shows dos Engenheiros do Hawaii e Humberto Gessinger solo! Mas a formação GLM, não deu tempo. Me atrasei, ou... vai saber, talvez nem tivesse idade pra ir a um show se tivesse conhecido a banda antes. Mas ainda sou capaz de me surpreender quando conheço alguém dez anos mais jovem, que descobriu os Engenheiros do Hawaii nos últimos trabalhos da banda. Ou conheceu primeiro o Humberto escritor, ou através do Pouca Vogal, enfim...

Logo mais, tem capítulo novo dessa história, que começou lá nos anos 1980, sendo escrito. Humberto Gessinger e sua banda (um trio, dessa vez) celebram os trinta anos de “A Revolta Dos Dândis”! Trinta anos de “Infinita Highway”, de “Os Guardas da Fronteira”, “Terra de Gigantes” e “Desde Aquele Dia”, que batizou a turnê que estreia hoje aqui no Rio de Janeiro!

E a turnê não vem só. O gaúcho traz na bagagem um novo compacto! Isso, um vinil! Contendo três músicas e batizado de Desde Aquela Noite, o novo trabalho de Gessinger traz três canções compostas em parceria com outros artistas, que ainda não haviam sido lançadas pelo músico. A saber: “Alexandria” (com Tiago Iorc), “O que Você Faz a Noite” (com , do Barão Vermelho) e “Olhos Abertos” (com o Capital Inicial). Tanto disco novo, quanto turnê, podem ser considerados uma celebração. Uma celebração à longevidade de um artista, de uma obra...
'
Uma longevidade da qual só quem deixou a cartilha de lado poderia desfrutar. O segredo, talvez, tenha sido ignorar as regrinhas, o jeito certo, a hora certa de lançar um disco, o formato que uma canção deve ter pra fazer sucesso... Como o próprio Humberto disse, certa vez numa entrevista, ele nunca foi a bola da vez. Olha... sorte nossa, Sr.Humberto Gessinger! Melhor alguém “vindo de outros tempos, mas sempre no horário” que uma “eternidade da semana”.


Serviço:
17 de março :: quinta-feira :: 22h
Humberto Gessinger
Local: Vivo Rio
End. Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo, Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$100 a R$150 / Classificação: 18 anos. / Informações

foto: Divulgação

quinta-feira, 16 de março de 2017

Test Drive de Buteco :: Café e Bar Sassarue


por: Rafael A. 

E olha que ainda tem bar com cervejas a preços razoáveis pras bandas da Zona Sul carioca, hein?! Este Test Drive rolou por acaso. Na volta da primeira corrida deste que vos escreve (não confundir o editor com um atleta, ou coisa parecida, ok?), procurando um lugar pra uma cerveja solitária, afim de celebrar a ocasião. E o Café e Bar Sassarue estava lá! Bem no comecinho da Voluntários da Pátria. Cervejas ali em torno dos R$8 e tira gostos um pouco mais carinhos, por assim dizer. O da foto saiu por R$7....Vale pelo preço das cervejas, ok?

Serviço:
Café e Bar Sassarue :: Rua Voluntários da Pátria, 1, Botafogo, Rio de Janeiro/RJ


foto: Rafael A.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Dia de Luta :: Ato contra Reforma da Previdência no Rio

por: Rafael A.

Logo mais, no Centro do Rio, acontece ato contra a Reforma da Previdência! A manifestação, que acontece em todo o país, tem atos programados a partir das 7h, se estendendo por todo o dia, em todo o Brasil. Em capitais como Cuiabá/MT, Vitória/ES, Brasília/DF, São Paulo/SP e outras, conforme no flyer, haverão protestos contra o que poderá ser um dos piores e mais covardes legados da era Temer. No Rio de Janeiro, o ato está marcado para a Candelária, no Centro do Rio, a partir das 16h. A Igreja da Candelária fica na Praça Pio X, s/n, Centro, Rio de Janeiro/RJ. Compareça!


Arte: Frente Brasil Popular

domingo, 12 de março de 2017

Agenda :: Dia de Grunge no República Pub!


Tem evento com apoio do FMZ, logo mais, no República Pub, em São Gonçalo! Bandas e fãs do som dos anos 1990 batem ponto no espaço localizado no bairro do Paraíso, a partir das 16h.! A Smoking Rats lança seu CD e comanda a festa ao lado de Frogslake (foto) e outras! De olho no serviço, logo a seguir. E nos vemos logo mais!

Serviço:

12 de março :: domingo :: 15h

Grunge Forever - 4º edição

Shows:
FROGSLAKE
DOIS-PONTOS
PUMKINHEAD
IN FLUVIUS
SMOKING RATS

Local: República Pub & Barber Shop
End.: Rua Comandante Ari Parreiras, 1865, Loja 01, Paraíso, São Gonçalo/RJ
ENTRADA FRANCA / Informações

foto: Renata Araújo

quinta-feira, 9 de março de 2017

Test Drive de Buteco :: Bar Peixe Frito

por: Rafael A.

Quando falamos aqui do Bar Oswaldo Cruz na Lapa, na semana passada, disse que a coluna voltaria a esse cantinho do bairro mais boêmio do Rio, lembram? Sendo assim, aqui vai mais uma dica de botequim pra tomar umas e atacar uns tira gostos! O Bar Peixe Frito fica ali na Rua do Rezende, pertinho de outros bares com nomes similares. Mas os preços aqui são mais convidativos. Nem precisa dizer que a especialidade da casa são os frutos do mar, né? Destaque absoluto pra porção de sardinhas fritas (foto)! Uma maravilha que sai por R$36 e desce muitíssimo bem com as cervejas, que tem preços girando ali pelos R$8. E acreditem se quiser, ainda tem mais bares ali pela área! Como já disse aqui: vale a pena uma visitinha a esse cantinho pouco badalado da Lapa, ok?!

Serviço:
Bar Peixe Frito :: Rua do Rezende, 166, loja B, Lapa, Rio de Janeiro/RJ / Informações

quarta-feira, 8 de março de 2017

8 de Março :: Manifestação no Centro do Rio


por: Rafael A.

Tem manifestação pelo 8 de Março no Centro do Rio! Com concentração agora às 16h e saída às 18h, da Igreja da Candelária, o evento acontece como parte da Greve Internacional de Mulheres (8M), promovida hoje ao redor do mundo para marcar o Dia Internacional da Mulher. O lema do braço carioca da greve é: “NEM UMA A MENOS! CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA!” Informações e links (muito úteis) para saber mais sobre a paralisação mundial de mulheres, na página do evento, no Facebook.

Arte: 8M Rio

terça-feira, 7 de março de 2017

Metallica Pub :: Noite de pancadaria em São Gonçalo!


por: Rafael A.

Sábado tem barulheira da melhor qualidade no bairro do Porto Novo, em São Gonçalo! O espaço underground mais clássico da cidade recebe quatro shows a partir das 20h e, como sempre, a entrada é franca! Fazendo um som, os cariocas da banda Kröstah (foto) dividem a noite com a gonçalense Sem Nada! As bandas Ritchie Militchero e Atestado de Óbito completam o time! O Metallica Pub fica na Rua José do Patrocínio, 42, Porto Novo, São Gonçalo/RJ. Prestigie! Mais sobre o Metallica Pub aqui.

foto: Feira Moderna Zine

segunda-feira, 6 de março de 2017

Trilhas & Afins :: Costão de Itacoatiara


por: Rafael A.

Inaugurando nossa coluna de trilhas, cachoeiras, passeios e afins! E começando com um passeio que, dizem, nove entre dez niteroienses já fizeram ao menos uma vez: a subida do Costão de Itacoatiara. Trilha relativamente fácil. Um trecho de trilha, propriamente dita e, ao final do mesmo (onde também se pode acessar a Trilha do Bananal), a subida pela pedra. Esta segunda parte talvez seja o único momento realmente cansativo, pra quem não é acostumado. Chegando lá em cima, a recompensa é uma vista incrível das praias da Região Oceânica de Niterói, Pedra do Elefante e praias de Maricá. Vale Muito a pena, hein?

Serviço:
Costão de Itacoatiara (Parque Estadual da Serra da Tiririca) :: Rua das Rosas, 4, Itacoatiara, Niterói/RJ / Informações

foto: Rafael A.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Test Drive de Buteco :: Café, Bar e Restaurante Oswaldo Cruz

por: Rafael A.

Quer tomar uma cerveja a um preço justo, em plena Lapa carioca? Então, a esquina das ruas André Cavalcanti e Rua do Rezende é o lugar certo pra você dar um tempo numa ida ao bairro mais boêmio da Cidade Maravilhosa! Cervejas de 600ml com preços girando em torno dos R$6,50, por aí (pra quem conhece os preços da Lapa, sabe que é quase um foco de resistência). E bem nessa simpática esquina fica o Café, Bar e Restaurante Oswaldo Cruz. Como todo boteco deve ser, com opções de tira gostos devidamente expostas no balcão! Apesar de devidamente encantado pelo fígado de lá, o carro chefe é mesmo a Batata Calabresa (foto). Boa, bonita e barata, além de combinar muitíssimo bem com a pimenta da casa. Vale a visita! E, olha... Algo me diz que a coluna voltará a dar as caras nesse cantinho pouco badalado da Lapa, hein?

Serviço:
Café, Bar e Restaurante Oswaldo Cruz :: Rua do Rezende, 129, Lapa, Rio de Janeiro/RJ


foto: Rafael A.

Leia também: