• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Bruce Dickinson - The Chemical Wedding


Bruce Dickinson - The Chemical Wedding

DIA 19: Bruce Dickinson - "The Chemical Wedding" (1998)

Este CD é de uma época em que eu ainda me interessava pelo que surgia no Heavy Metal. Na verdade, "The Chemical Wedding", o quinto álbum solo do vocalista do Iron Maidem é da época em que me interessava pela banda que o tornou famoso.

Explico. Quando, de fato, passei a me interessar por Iron Maiden, Bruce Dickinson estava de saída da banda. Não fazia muita diferença, uma vez que o que me interessava era o que havia ficado para trás. Não há como negar a relevância do Maiden pro Heavy Metal. Assim como o Metallica, Black Sabbath e outros. E era precisamente isso que me atraía, os clássicos desse povo todo.

Ainda assim, eu não tinha problemas com os rumos artísticos que esses nomes haviam tomado em determinado ponto da carreira. Sempre gostei da carreira solo do Ozzy, da dobradinha Load & Re-Load do Metallica, enfim.

E foi nesse ponto da história, que o Sr.Bruce Dickinson deu um nó na minha cabeça! Citados acima, os dois álbuns do Metallica geravam uma senhora discussão entre os fãs quanto ao que era, ou não, o tal do autêntico Heavy Metal (o termo, inclusive, nunca me disse coisa alguma).

Alheio a essa discussão, o ex-vocal do Iron Maiden aparece com um trabalho que nem poderia ser considerado "alternativo", nem ser posto em outra prateleira que não coubesse o termo "metal". De qualquer forma, a única coisa que não se conseguia dizer de "The Chemical Wedding" era que não era bom. Na verdade, ótimo!

O álbum realmente passeia entre vertentes do que se convencionou chamar de "Rock Pesado". Sem entrar no porquê do termo, o que importa aqui é que Bruce e o produtor e guitarrista do disco, Roy Z, mergulharam em muita coisa que rolou no universo roqueiro ao longo dos anos 1990!

A viagem de Bruce Dickinson por outras praias, dizem, foi um dos motivos de sua saída do Iron Maiden (ou era só ciúmes do dono da banda, o baixista Steve Harris, mesmo...). Mas ao longo de toda sua discografia solo Bruce deixou claro que queria ir além dos clichês que o Maiden criou pra si próprio.

Outros trabalhos solo do músico deixavam isso muito claro. "Skunkworks" (1996) é uma pérola que vale a pena ser ouvida com atenção. E o antecessor de "The Chemical Wedding", o bom "Accident of Birth" (1997), parecia uma espécie de laboratório pro que estava por vir.

Dos andamentos pouco usuais adotados em algumas canções às linhas de baixo, tudo parecia ser muito, mas muito bem planejado, pensado, milimetricamente calculado. Como os grandes álbuns de Rock Progressivo, "The Chemical Wedding" tem começo, meio e fim.

Outro que merece menção aqui é Adrian Smith. Guitarra que saiu do Iron Maiden junto com Bruce direto pra carreira solo do vocalista. Diferente do disco anterior, aqui Smith mostra do que é capaz quando a cartilha imposta por Steve Harris é deixada de lado. No fundo, ver Dickinson e o guitarra juntos nesse disco me fazia pensar do que o Iron Maiden seria capaz, artisticamente, caso se permitisse "certos abusos" na época...

Esses "abusos" na carreira do Maiden até que vieram. Timidamente, e só décadas depois. Mas como a assunto aqui é essa maravilha dos anos 1990, voltemos a ele.

O disco fez um sucesso danado! Inclusive no Brasil. O que rendeu ao país a escolha de palco para o registro ao vivo da tour (que virou o "Scream for me Brazil", lançado um tempo depois)!

Numa época em que era possível acompanhar os shows internacionais por aqui, este que vos escreve foi testemunha do erro do baixista Steve Harris em não ter se entendido com Bruce e conseguido mantê-lo no Iron Maiden.

Ao final do ano de 1998, o Iron Maiden apresentava seu novo vocalista, Blaze Bailey, ao público brasileiro em turnê com os alemães do Halloween. E carisma não era o forte do novo frontman (na verdade, até hoje não sei o que ele estava fazendo ali... talvez nem ele...).

O resultado foi um Iron Maiden visivelmente desanimado e tenso, sendo sumariamente aniquilado por um belíssimo show de abertura da banda alemã. Já nessa noite, a galera (de posse do recém-lançado "The Chemical Wedding") deixava claro que a mudança de vocalista não havia agradado.

Meses depois, no mesmo distante Metropolitan (que vive mudando de nome, mas não de lugar), o público assistiria a um verdadeiro massacre promovido por Bruce Dickinson e seus companheiros. O show de "The Chemical Wedding" no Rio foi um absurdo! Ali, o público confirmava a força das canções do álbum e o belo momento de Bruce Dickinson!

Em tempo: há muito que não corro atrás de novidades do Heavy Metal, que nem sei. Acho que a última leva de bandas que me interessou, dos 90's pra cá, foi a do tal "metal melódico", que depois virou "power metal" ou seja lá o que for. Dessa época, consegui ver as minhas favoritas ao vivo: Stratovarius (no ginásio do América FC, na Tijuca) e Sonata Arctica (no Teatro Rival, no Centro)...

Definitivamente, foi um erro atribuir o fascismo no Metal à essa ou aquela vertente mais extrema. O cenário todo já estava impregnado de homofobia, machismo e elitismo. Uma hora ia ficar escancarado, né? Paciência...

E de volta a "The Chemical Wedding". O disco, definitivamente, é o ponto alto da carreira solo de Bruce Dickinson. E é um dos poucos álbuns de Metal de sua época que, vez ou outra, ainda me dá vontade de ouvir...


Compre na Amazon.

Publicado originalmente em 19/07/2020.


#feiramodernazine #1discopordia #brucedickinson #thechemicalwedding

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now