• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Dead Fish - Zero e Um


Dead Fish - Zero e Um

DIA 27: Dead Fish - "Zero e Um" (2004)

De acordo com entrevistas do vocalista Rodrigo, corremos o sério risco de não ter esta pérola do Hardcore nacional em nossas mãos. Isso porque no comecinho dos anos 2000 a banda havia acabado!

Foram necessários alguns empurrões para que a banda capixaba retomasse suas atividades e "Zero e Um" viesse à luz do dia. Uma nova formação, fãs à espera de um novo trabalho, a mão do produtor do álbum, Rafael Ramos (que há muito já queria ter a banda em sua Deckdisc), e a coisa foi.

O Dead Fish, na época, já estava definitivamente no time dos grandes nomes do underground nacional. Uma geração de nomes como Dance of Days, Mukeka di Rato e tantos outros, agora teria um representante no mainstream.

Claro que rolou, por um breve momento, uma pulga atrás da orelha. Afinal, a banda iria mudar por estar dentro de uma gravadora? E as letras? E o som?!

Bastou ouvir os primeiros acordes da faixa título, na estreia do vídeo clipe na MTV, para que as dúvidas fossem pro espaço. Som rápido, curto, direto e cheio de referências a Orwell e outros na letra da canção e no clipe!

E assim segue "Zero e Um" até o final. Letras com belas referências, angustias, coragem e persistência diante da realidade de um país, uma geração, a vida na estrada com uma banda, enfim.

Impossível falar do álbum sem citar o alto nível técnico da obra. Cada acorde, cada verso, cada nota demonstra ser fruto de um trabalho minucioso da banda e do produtor. Até então, não se tinha notícia de um disco de Hardcore brasileiro nesse patamar!

E apesar da banda ter atingido um público mais diverso com ele, quem curtia a banda antes seguiu marcando presença nos shows e acompanhando o Dead Fish!

Outro motivo pra essa maravilha ter vindo parar aqui no álbum, é que "Zero e Um" não representa só um grande momento pro Dead Fish. Nosso FMZ, na época sendo lançado em jornal, também ia bem das pernas...

É bem verdade que éramos meio abusados. E vendo uma banda underground alçando voos mais altos, resolvemos tentar fazer parecido...

O lançamento de "Zero e Um" foi devidamente acompanhado por nosso Feira Moderna Zine! Kit de imprensa, credenciamento pro show de lançamento do disco, no antigo Ballroom, entrevista por telefone (profiça até demais pra um fanzine...rsrs) e, por fim, a banda na capa do FMZ #10!

De volta ao álbum: das músicas à parte gráfica, o disco é a confirmação de que o Hardcore nacional tinha força e plenas condições de figurar no time de uma grande gravadora e transitar pelo maistream.

A banda não atingiu números como de sua colega de selo Pitty, mas "Zero e Um" é, incontestavelmente, um marco para o Hardcore e o underground nacional!

Publicado originalmente em 27/07/2020.


#feiramodernazine #1discopordia #deadfish #zeroeum

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now