• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Dirty Shoes - Take Your Time


Dirty Shoes - Take Your Time

DIA 29: Dirty Shoes - "Take Your Time" (2000)

A banda era muito legal, o EP idem e o lançamento importante pra situar a galera quanto ao que se produzia no cenário de Niterói na virada dos anos 1990 pros 2000. Mas aqui no humilde "diário musical" que este espaço se transformou, a coisa vai muito além...

Isso daqui é de um momento em que este que vos escreve começava, digamos, a entender um monte de aspectos relacionados a viver numa cidade como Niterói. Zona Sul, Centro... São Gonçalo! O som de lá que não chegava aqui, e quem daqui não pisava lá.

Por sorte, som é pra todos. E sempre curti e me senti parte do cenário das duas cidades. Aqui em Niterói, entre outros, rolava o Calçada do Rock (ou era Esquina do Rock?), na calçada (óbvio...) da pizzaria Lokal, em Santa Rosa. E foi precisamente naquela esquina de algumas boas lembranças que dei de cara com o Dirty Shoes!

Se bem me lembro, entre um som autoral e um cover, rolou uma saída estratégia em busca de um banheiro. Da esquina, já distante, soou algo familiar! E um dialogo parecido com: "Isso é Bad Religion?", "É, cara... Digital Boy!", "Vamo pra roda!", "Já é, mas traz a vodka!!"

O cover de "Digital Boy", do Bad Religion, se tornaria recorrente nos shows da banda que assisti. E como a idade permita, a coisa da vodka e "ir pra roda" também...

Aliás, boas lembranças de shows que vi deles! Com o Holy Tree, no Convés, e uma penca de vezes na Bedrock! Incluindo, se não me falha a memória, a noite em que os californianos do Down by Law tocaram em Niterói!

Num desses shows, acho que na despedida da banda no Convés, saí com um k7 ao vivo de presente! Gravado na abertura do show do Shelter. "Unfamiliar to Millions" (brincadeira com um ao vivo do Oasis dá época). E, de novo, é bem provável que a memória me traia em algumas das informações aí em cima!

De qualquer forma, o Hardcore Melódico (muitíssimo bem feito, por sinal) desses caras serviu de trilha sonora pra muitas noites passadas em trânsito, de show em show, entre Niterói e São Gonçalo!

Ah, sim... Nada de internet nessa época. Flyers e fanzines impressos. Lugar de cartaz de show era em poste, tapume e loja de Rock. E fica esperto se cruzar sozinho com skinhead na madrugada!

Tem mais coisas dessa época aí, lançamentos do underground daqui da região, que acabaram se tornando importantes pra este que vos escreve. E novamente: preservar a memória do que o underground produziu ao longo do tempo é importante. Muito importante!

Publicado originalmente em 29/07/2020.


#feiramodernazine #1discopordia #dirtyshoes #takeyourtime

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now