• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Engenheiros do Hawaii – GLM


Engenheiros do Hawaii – GLM

DIA 37: Engenheiros do Hawaii - "Gessinger, Licks & Maltz" (1992)

E chegamos, por fim, a ele: Gessinger, Licks & Maltz. Ou, simplesmente, GLM. Ou o disco da capa azul, enfim.. O trabalho é o terceiro álbum da trilogia que marcou o fim da formação clássica da banda gaúcha Engenheiros do Hawaii.

Sem sombra de dúvidas, os três primeiros trabalhos dos EngHaw da década de noventa são os meus favoritos. E como sempre falo a respeito da discografia da banda de Humberto Gessinger, aqui estamos falando não só de álbuns com começo, meio e fim. Mas de uma discografia que, quando analisamos, faz todo sentido.

Mas o assunto aqui é o GLM! Ou, o que ele representa pra mim, ou o porquê de estar nesta humilde listinha. Bom, minhas primeiras memórias dos Engenheiros do Hawaii dão conta de uma dessas coletâneas "o melhor de" e de "Ninguém = Ninguém", que abre o GLM, tocando na rádio Transamérica FM. Isso era anos noventa, bem no comecinho. E o mais provável é que eu tenha perturbado meus pais pra me darem o disco que tinha a tal música do rádio.

Por sorte, anos depois voltaria duas casas na discografia da banda e me encantaria com O Papa é Pop (de 1990). Obviamente, já com os ouvidos habituados a sonoridades menos... digamos... radiofônicas, não foi difícil embarcar logo em seguida na viagem que é o GLM. E lá estava a canção inspirada no livro A Revolução dos Bichos (de George Orwell), que eu ouvira no rádio anos antes!

Ao longo do álbum, pianos e violões se misturam a efeitos de guitarra e arranjos de bateria milimetricamente calculados. E a minha impressão até hoje é que, se os Engenheiros do Hawaii já não tinham maiores preocupações com vendagens, ou gravar discos com potencial radiofônico, aqui é que esse tipo de coisa não rolou mesmo...

"Parabólica" é absolutamente linda (e toca no rádio até hoje). Mas não supera o passeio quase sombrio que começa em "A Conquista do Espelho", passa por "Problemas... Sempre Existiram" e encerra de forma sublime com "A Conquista do Espelho"!

De volta ao lado A (depois da coleção em CD, fui atrás dos vinis, antes de disco virar artigo de luxo), "Chuva de Containers", "Túnel do Tempo" e as demais faixas nos lembram que tem muito de Rock Progressivo nesse momento da discografia dos Engenheiros do Hawaii!

Todas essas referências, detalhes nos álbuns, na ordem dos lançamentos e até na cor da capa dos discos (os seis primeiros de estúdio, dependendo da ordem mostram as cores das bandeiras do Rio Grande do Sul e do Grêmio, time de Humberto) são pequenos detalhes que só interessam aos fãs mais "paranoicos" (tipo este que vos escreve). No fundo, tudo isso é só detalhe, ou pano de fundo para o mais importante: belas canções e arranjos incríveis de um power trio que, admito, ainda não perdi as esperanças de ver ao vivo...

Ouça no Gessinger, Licks & Maltz Spotify.

Compre Gessinger, Licks & Maltz na Amazon.

Mais de Engenheiros do Hawaii na Amazon.

#feiramodernazine #fmz #1discopordia #engenheirosdohawaii #glm #rockgaucho #review #brock80

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now