• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Legião Urbana - As Quatro Estações


Legião Urbana - As Quatro Estações

Dia 58: Legião Urbana - As Quatro Estações (1989)


Como temos visto aqui no 1 Disco por Dia, ao longo dessa semana, a Legião Urbana conseguia o feito de se reinventar a cada álbum que lançava. E Quatro Estações confirma esse talento tão raro. Do qual só os (muito) grandes podem lançar mão.


Em entrevista de Renato Russo à MTV Brasil, o líder da Legião Urbana fala desse momento tão especial para o fã de uma banda que era ir até a loja, comprar o disco novo de uma banda que se gosta e constatar que, nas palavras do próprio Renato: "os caras continuam bons pra caramba"!


Certeza que os fãs da Legião tiveram essa sensação algumas vezes, com os álbuns da banda. E Quatro Estações reúne ingredientes que contribuíram para que a banda, mais uma vez, se reinventasse. O tumulto no show do Mané Garrincha, a saída do baixista Renato Rocha e, pela primeira vez, até então na discografia, um espaço de dois anos entre um álbum e outro.


Musicalmente, a Legião Urbana, propositadamente ou não, se aproxima do tal Rock de Arena de U2 e Genesis entre outros. A energia do Punk, muito mais exposta em Que País é Este, também dá as caras, de forma mais contida, digamos. Segundo os próprios integrantes, a ideia era mesmo um disco menos "pesado" (em vários sentidos). Mas, das mais variadas formas, Quatro Estações tem peso também.


Afinal, como não sentir o peso de canções como "Há Tempos" e "Pais e Filhos"? Renato volta ao tema sexualidade de forma mais explícita em "Meninos e Meninas" (não que "Daniel na Cova dos Leões", do disco anterior, não fosse).


"Eu Era Um Lobisomen Juvenil", "Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto", "1965 (Duas Tribos)"... É uma quantidade enorme de canções extremamente ricas em sentidos, referências e de beleza impressionantes!


O resultado de tudo isso aí em cima é um dos maior e fenômenos de vendas do Rock nacional dos anos oitenta! A Legião Urbana confirmando seu título de super banda, e Renato Russo à categoria de guru de uma geração (título que o mesmo, por sorte, renegava).


A década de oitenta terminaria com as eleições que jogaram o país na era Collor. E, de novo, o caos. E tudo aquilo que, em meados dos anos 1980, explodiu como Punk de Que País é Esse, tornaria a ser traduzido pela Legião Urbana. Só que dessa vez, de outra forma, com outros sons. Amanhã falaremos de V, o quinto álbum da Legião Urbana.



Relembre o clipe de "Há Tempos":


Ouça As Quatro Estações no Spotify.

Compre As Quatro Estações na Amazon.

Mais de Legião Urbana na Amazon.


Leia também:

Legião Urbana no 1 Disco por Dia.

Dois no 1 Disco por Dia.

Que País é Esse no 1 Disco por Dia.

O Descobrimento do Brasil no 1 Disco por Dia.

A Tempestade no 1 Disco por Dia.

Brock 80 e muito mais no 1 Disco por Dia.


BRock 80 - O Rock Brasileiro dos Anos Oitenta em Livros.

Entrevistas International Magazine em Livros.

Dias de Luta em Livros.

Letra, Música e Outras Conversas, de Leoni, em Livros.


#feiramodernazine #1discopordia #semanalegiãourbana #asquatroestacoes #renatorusso #brock80 #rocknacional #anos80 #review



leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now