• Rafa Almeida

1 Disco por Dia | Oasis - (What's the Story) Morning Glory?


Oasis - (What's the Story) Morning Glory?

DIA 22: Oasis - "(What's the Story) Morning Glory?" (1995)

O que vem a seguir é parte fundamental de minha formação musical, por incrível que pareça... Por formação musical, que fique claro, me refiro à uma série de aspectos, sensações, lembranças e outros que me viram do avesso cada vez que ouço alguma das faixas de "What's the Story".

De um programa de vídeo clipes (cujo nome não me recordo) na CNT, passando pelo Radiola MTV ns volta da escola, até ter o álbum em mãos. A sensação era de que já conhecia o "What's the Story", intimamente, por causa dos clipes.

Na verdade, o que mexia comigo era a lembrança de uma ida ao Rio de catamarã (uma versão intermediária de transporte aquaviário que não era barca, nem o antigo aerobarco, que eu me lembre). Rolavam clipes nas TVs da embarcação. E "Wonderwall" passou naquele dia cinza, frio e chuvoso de 1995 (ou já era 96...?).

A mente foi buscar direto o CD da trilha sonora de alguma novela da época (Vira Latas?) onde figurava o mega hit "Wonderwall". Sem perceber, outras ligações já era feitas na mente pouco saudável que vos escreve...

Sabe a "forçada de barra" da crítica inglesa da época em comparar o Oasis aos Beatles? Tinha fundamento, óbvio. A influência é claríssima. E foi inevitável remeter aos LPs e compactos do quarteto de Liverpool que, na época, andava revirando em casa.

Meus pais não chegaram nem perto de serem hippies, nem nada sequer parecido. Mas a quantidade de vinis de tudo que era vertente de música popular que havia ficado guardada em casa era impressionante! E lá estavam John, Paul, George e Ringo. Bom, imagino que uma parcela considerável da humanidade tivesse alguma coisa de Beatles em casa entre os anos 1960 e 1970. Por sorte, meus pais atendiam a esse quesito!

As influências e referências à obra dos Beatles foram fundamentais para que o Oasis me fisgasse. Fazia as ligações e conseguia ver aquilo que estava descobrindo como uma releitura do que, provavelmente, tivesse mexido com meus pais em sua juventude.

De volta a "What's the Story", o disco é realmente inspirado. E não é de se espantar que tenha tido tantos hit singles! Do hit incontestável "Wonderwall", passando pela viagem de "Champagne Supernova" e sua inspiração escancarada no "disco branco" do Beatles! Minha favorita sempre foi "Don't Look Back in Anger". Tem alguma coisa ali que me pega de jeito...

Mas eu gosto do álbum do início ao fim. E a partir do momento que o tive em minhas mãos, deu ruim... Durante um bom tempo fiquei obcecado em consumir tudo de Oasis! De "bootleg" (os piratas de verdade..rs) garimpados na saudosa loja Fire Rock, em Icaraí, a meses de espera pela versão japonesa de um single raro encomendado em alguma importadora!

Sim, foi um inferno. E boa parte desse inferno se deu por conta de uma matéria no jornal Internacional Magazine! O artigo dizia que o melhor da banda dos irmãos Gallagher estava nos "lados B"... e não é que estava, mesmo???

CDs, bootlegs, singles, VHSs e até CD com a clássica entrevista onde Noel e Liam quebram um pau num programa da BBC (se bem me lembro..)! Toda essa maluquice me permitiu conhecer todas as lojas possíveis de CDs em terras cariocas na época. Até numa especializada em Beatles (a loja era enorme e só vendia Beatles!!!), na Tijuca, eu fui parar!

A cada single raro, pirata, ao vivo e tudo mais que conseguisse da banda, era sensação de missão cumprida. Voltava pra Niterói com as moedas contadinhas pra Barca e, óbvio, não fazia ideia do privilégio que era poder consumir arte, música e cultura daquela forma em meados dos anos 1990.

Quem conheceu a banda antes, no primeiro disco, reforça que foi nele que o Britpop que dominou os 90's, de fato, deu o ar da graça. Mas "What's the Story" tem um espaço muito maior no meu imaginário por tudo que foi dito aí em cima.

Certo, ficou faltando falar das vezes que vi Oasis ao vivo. Mas como não realizei meu sonho de ver o VHS "There and Than", registro da tour do "What's the Story" ao vivo, e só fui conferir pela primeira vez Noel e Liam na tour do "Be Here Now", no Metropolitan (97, certo?), vou deixar as impressões quanto à performance ao vivo deles quando o referido álbum aparecer por aqui, ok?

Por hora, vale o registro do disco que virou o mainstream do avesso na meiúca da década de noventa. E a banda que quem não era muito, mas muito fã mesmo, simplesmente amava odiar...hehe

Compre na Amazon.

Publicado originalmente em 22/07/2020.


#feiramodernazine #1discopordia #oasis #morningglory

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now