• Rafa Almeida

Livros | Bomba no Riocentro


Bomba no Riocentro nos lembra da importância de uma imprensa livre de censura.
Bomba no Riocentro

Bomba no Riocentro

(Belisa Ribeiro / Sisal Editora / 1999)

Este é livro é de uma importância histórica inestimável. Não só por trazer à tona detalhes sobre o atentado (por sorte) fracassado, empreendido por dois militares na noite do dia 30 de abril de 1981. Mas por registrar os bastidores da cobertura do caso na imprensa. Bomba no Riocentro nos lembra da importância de uma imprensa livre de censura.

Na noite do dia 30 de abril de 1981 acontecia, no Riocentro (Zona Oeste do Rio), um show em homenagem ao Dia do Trabalhador reunindo mais de vinte mil pessoas. O sargento Guilherme Pereira do Rosário e o capitão Wilson Dias Machado planejavam explodir duas bombas durante o evento. A ideia seria culpar os grupos de esquerda e interromper/atrasar o processo de abertura política, que se dava naquele momento. Uma das bombas explodiu dentro do carro dos militares, matando o sargento e ferindo o capitão, a outra, numa área externa das dependências do Riocentro.

E o que se deu a partir daí, e que o livro de Belisa Ribeiro investiga brilhantemente, foi a saga de jornalistas na luta para levar a notícia ao público, uma vez que ainda estávamos sob um governo militar. Em 2020, Bomba no Riocentro ainda se faz necessário. Para que não esqueçamos do que a sanha autoritária é capaz... Preservar a memória, para que o passado não se repita.

Encontre livros sobre a Ditadura Militar no Brasil na Amazon.



#feiramodernazine #livros #bombanoriocentro #ditaduranuncamais

leia também:

Encontre os livros mais vendidos em oferta na Amazon:

br_associates_2_300x100._CB465180671_.jp

Encontre livros em oferta na Amazon:

br_associates300x100._CB465180664_ (1).j