Resultados da Busca

448 resultados encontrados

    Posts do Blog (434)
    • Entrevistas | Up Against Down

      Assim escrevi ao resenhar “People That Come and Go”, single de estreia da Up Agains Down: “Num momento, estou em Niterói/RJ, numa manhã ensolarada de domingo. Ao colocar os fones, em instantes, fui devidamente transportado para a noite de Londres, ou Berlim, em plena década de oitenta!” E a sensação é exatamente essa. O encontro do orgânico e o eletrônico! E a coisa se dá de forma real, até palpável diria, quando embarcamos na viagem que é o som dessa banda carioca! Tem muito de Kraftwerk e experimentalismos de décadas passadas no som dessa galera! Mas também tem muito de anos oitenta, Pós-Punk! Bateu curiosidade? Em nós também! O projeto surgiu há dez anos atrás. Rolou uma pequena pausa nas atividades e, em 2018, a Up Against Down estava de volta! E, em plena quarentena, chega até os fones do FMZ este single de estreia, “People That Come and Go”! E tamanha era a gama de influências legais que dava pra identificar no som da Up Against Down, que fomos trocar uma ideia com o, vocalista e multi-instrumentista, Ledd pra saber mais sobre esse projeto! Confiram o papo! FMZ: Queria começar com um pouco da história da Up Against Down. Como se deu a ideia do projeto e quais bandas ou projeto vieram antes da Up Against Down? Ledd: O projeto surgiu com a intenção de mesclar elementos antagônicos, fazendo uma contraposição entre a tecnologia musical moderna e sons vintage, com teclados em primeiro plano. A questão do tempo foi o tema abordado nas primeiras músicas, que fizeram parte do EP de lançamento. Antes da Up Against Down, eu havia passado por outras bandas e projetos, tanto de Post-Punk como de outros estilos conexos. Durante essa época, gravei temas e registrei ideias que depois viriam a ser usadas na Up Against Down. FMZ: Sobre o álbum que está por vir: em que qual estágio da produção o trabalho está? Já tem tudo gravado, arte pronta, enfim...? O que dá pra adiantar pra gente? Ledd: As músicas estão sendo finalizadas em sequência, é um processo bem exaustivo, pois toco e gravo todos os instrumentos sozinho, além de cantar e fazer a produção. A única exceção é a bateria, que é gravada por um baterista convidado. A configuração para shows é diferente, com a presença da banda completa para executar os teclados, baixo e bateria. Por enquanto, metade das músicas do álbum já está finalizada e as músicas restantes estão no processo de produção. Iremos lançar as faixas principais como singles ao longo de 2021 e o álbum completo está previsto para o final do ano. FMZ: Apesar de muitos elementos eletrônicos no som, me parece que há uma necessidade de revisitar influências do passado, de ter elementos mais, digamos, orgânicos na Up Against Down. E parece que o trabalho em si é fruto desse conflito entre o moderno/digital e o orgânico/visceral. Confere? Ledd: Com certeza. O conceito da banda é exatamente a contraposição não só de elementos sonoros, mas também de ideias, propondo uma reflexão sobre as nossas próprias contradições. O nosso primeiro single desse novo trabalho, “People That Come And Go”, trata justamente desse tema, especialmente quanto à dificuldade na adaptação a uma realidade em constante mudança, onde as conexões se tornam cada vez mais frágeis. O sentimento de inadequação é substituído por uma integração cega a padrões recursivos, na qual repetimos as mesmas ações que nos prejudicam, tornando-nos ao final, simultaneamente, a vítima e o agressor. A letra se insere na temática da contraposição porque expõe o cinismo e contradição no comportamento nessa era digital. FMZ: Ainda sobre a sonoridade da Up Against Down, queria saber quais artistas são, definitivamente, influências para o som do projeto. E também se dá pra traçar paralelos com outros projetos, com som semelhante, rolando atualmente, no underground carioca ou do Brasil, com quem dê para trocar figurinhas e dividir o palco futuramente! Ledd: As maiores influências da Up Against Down vieram do Pós-pPunk/Gótico, Krautrock e Progressivo. Podemos citar Echo and the Bunnymen, Joy Division, Siouxie, The Cure, Bauhaus, Tangerine Dream, Neu!, Can, Kraftwerk, ELP, King Crimson e Bowie, entre muitos outros. Tenho visto o surgimento de bandas brasileiras realmente incríveis dentro dessa linha musical, com certeza fico muito feliz em dividir os palcos com elas. Essa troca de figurinhas e a união em geral de projetos beneficia a todos. FMZ: Os planos da banda dão conta de singles a serem lançados, o álbum no ano que vem e shows de divulgação. Com tudo que está acontecendo, como ficam as perspectivas de apresentar esse material ao vivo? E, ainda, como acham que estará o meio underground depois que, finalmente, a pandemia passar? Ledd: Como a situação não está favorável para apresentações ao vivo, o tempo está sendo usado para a produção e divulgação das músicas. A perspectiva é retomar os shows assim que situação melhorar. Espero que seja logo! Acredito que o underground, assim como toda a indústria musical em geral, vai ressurgir com muita força depois que isso tudo passar, talvez mais forte ainda do que era antes. FMZ: Valeu pelo papo! E pra encerrar, a pergunta que não quer calar: o que esperar do mundo pós-coronavirus? Ledd: Espero que, pelo menos, essa tragédia nos faça repensar os nossos valores. Confira “People That Come and Go” no Youtube: Conheça a Up Against Down: Facebook | Instagram Ouça “People That Come and Go” no Spotify: Leia também: Single “People That Come and Go” em Nos Fones. Ouça Up Against Down e outras bandas independentes na playlist do FMZ no Spotify. #feiramodernazine #entrevistas #upagainstdown #peoplethatcomeandgo #postpunk #krautrock #pospunk #riodejaneiro #rj #musicaindependente #bandasindependentes

    • Artigos | Valber Dan: Uma História que Niterói Precisa Contar!

      Esta história é sobre a música e o poder que ela tem na vida de cada um de nós. Às vezes não percebemos, mas ela está sempre ali, salvando nossos dias difíceis e nos conectando a nós mesmos! E nos cutuca nas mais diversas situações, pra falar com a gente sobre absolutamente tudo! O que vem a seguir prova que vida e arte não se separam. Pra além de nossos mundinhos, lembramos também que, por mais que haja políticas públicas direcionadas ao meio artístico, o Estado e suas burocracias jamais serão capazes de dar conta de tanta gente talentosa e especial por nossas ruas, palcos e praças. Confuso, né? Vamos lá... Preciso voltar um pouco no tempo! Pra época e lugar muito bem definidos (ou quase). Há uns dez (ou quinze) anos atrás, este que vos escreve já era frequentador assíduo da Praça da Cantareira, no bairro de São Domingos, em Niterói. Localizada em frente ao Campus Gragoatá-UFF, essa praça sempre abrigou um caldeirão cultural incrível. E não só cultural! Político também (como se fosse possível separar...)! E todos esses ingredientes fizeram da Cantareira um dos ambientes mais plurais da cidade, sob todos os aspectos. E foi ali, que o jovem guitarrista aqui, pela primeira vez, entendeu que certas conexões na música vão muito além de acordes, técnicas, estudos e equipamentos. Foi na Cantareira que, com a “inocência” de quem deu os primeiros passos na música devidamente “protegido” por guitarra, baixo, bateria e distorções, me vi despido, nu, eu e a música diante de uma Cantareira cheia! Por sorte, a praça - àquela altura da madrugada - já não dava muita bola pro roqueiro aqui se virando no violão. Explico! Atraído por opções diferentes das cervejas habitualmente vendidas na praça, por muito tempo eu bebi sempre com o mesmo ambulante! Não era difícil notar que era músico: Além do isopor e do gelo; microfone, amplificador e violão estavam sempre ali... Sóbrio o bastante pra saber o que estava fazendo (e não esquecer desse dia, até hoje), acompanhei uma (boa) cantora (que nunca mais vi) numa versão meio desajeitada de “Um Girassol da Cor do Seu Cabelo”, do Lô Borges. Me saí bem! Mas minha concepção de música, público, execução e conexão entre todos esses elementos mudou sensivelmente, a partir dali. Pra sorte de todos vocês, a história aqui não é sobre este que vos escreve. Então, vamos lá: O vendedor das cervejas diferentes era o personagem do presente artigo. Com uma simpatia enorme e ótimo papo, nem precisaria do diferencial das cervejas para segurar qualquer cliente em seu isopor! Como se não bastasse, ainda roubava para si as atenções e interrompia qualquer papo ao redor de seu local de trabalho quando pegava o violão e soltava a voz! Seu nome, Valber Dan. Sua história (não fazia ideia...)? Talvez, parecida com a de tantos e tantos garotos Brasil afora. Em instituições que abrigam crianças órfãs, separado de seus irmãos, Valber teve contato com a música e dela jamais se separou (ela nunca abandona, a gente que às vezes se afasta)! Trabalhou como metalúrgico. Perdeu o emprego e não se aposentou. E encontrou no isopor de cervejas na Praça da Cantareira, ao lado de sua esposa, seu sustento. A vida se encarregou de reunir o cantor e compositor de seus irmãos. E hoje, aos 66 anos, pai e avô, o vendedor de cervejas já pode ser reconhecido pelo que é: um talentosíssimo artista! Como foi dito aqui, Valber Dan e a música nunca se separaram. Mas como toda carreira artística, só talento e inspiração não bastam. E foi ali mesmo, em nossa querida Cantareira, que Valber Dan teve o tal “empurrãozinho”. E foram os próprios clientes do isopor de cervejas do músico que se mobilizaram para dar à música de Valber Dan a visibilidade que ela merece! Shows, gravações, vídeos, enfim! Valber podia se orgulhar de ter uma carreira independente! Assim como muitos e muitos colegas mais jovens, que paravam ali pela praça para tomar suas cervejas! E é com imensa felicidade que hoje, ao abrir minhas redes sociais, encontro a voz e o violão de Valber Dan! Acompanhado de outros músicos incríveis e parceiros de composição, canções como “Mar” e “Eu, Você” (que rendeu clipe, gravado na Cantareira!) ganharam produção caprichada pelas mãos de Bruno Brecht (Estúdio Tomba)! Canções que remetem às influências da Bossa Nova de Tom Jobim, do Samba e suas vertentes e do Samba Rock de Bebeto. As mesmas que surgiam nos papos que mencionei, na mesma Cantareira! Mais que a alegria de ver uma carreira como a de Valber Dan seguir seu curso, histórias como essa nos lembram também do tanto de arte, inspiração e talento que o mundo nos oferece todo o tempo, em todos os lugares. E de como, algumas vezes, não lhes damos a devida atenção. Apesar de termos muito com o que nos preocupar num momento como o atual, não dá pra esquecer que cultura deve ser sempre tratada como item essencial para nosso bem estar. E cabe a nós cobrarmos isso do Estado também. Por sorte, temos tábuas de salvação, como a música de Valber Dan, pra nos salvar do tédio de dias sombrios. Assista ao clipe de “Eu, Você” de Valber Dan: Conheça Valber Dan: Facebook | Instagram | Youtube #feiramodernazine #artigos #valberdan #cantareira #niteroi #rj #breunobrecht #estudiotomba #samba #sambarock #bossanova #mpb #musicaindependente

    • FMZ Recomenda | Livraria Berinjela

      Clássica livraria, literalmente, dos subsolos cariocas! Lugar agradabilíssimo com um acervo impressionante. Nos anos noventa o lugar, além de dispor de um belo balcão de de CD´s e fitas demo de bandas underground, também abrigou shows memoráveis! Saiba mais #feiramodernazine #fmzrecomenda #berinjela #sebo #livraria #livros #underground #riodejaneiro #rj

    Ver todos
    Páginas (14)
    • Notícias| Feira Moderna Zine

      notícias Rafa Almeida há 4 horas 1 min Notícias | Festival do Barro de Porto Alegre começa nesta sexta! Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Mutante Live apresenta Asteroides Trio! Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Ninguém lança seu primeiro clipe! Rafa Almeida há 2 dias 1 min Notícias | Última live de Velho Oliveira em 2020 hoje! Rafa Almeida há 2 dias 1 min Notícias | Fernando Nunes lança “Bicho de Sete Cabeças” Rafa Almeida há 3 dias 1 min Notícias | Baby Loyds faz live daqui a pouco! Rafa Almeida há 3 dias 1 min Notícias | Sandyalê de música nova! Rafa Almeida há 3 dias 1 min Notícias | Beto Cupertino do Orkut ao Streaming! Rafa Almeida há 4 dias 1 min Notícias | Lado 2 atinge a marca de 300 programas! Rafa Almeida há 4 dias 1 min Notícias | Novo episódio do Eu Que Fiz! logo mais! Rafa Almeida há 4 dias 1 min Notícias | Dueto de Erasmo Dibell e Rita Benneditto nas plataformas de streaming! Rafa Almeida há 5 dias 1 min Notícias | Livro Zines no Cárcere em debate Rafa Almeida há 5 dias 1 min Notícias | Parceria de Felipe Grilo e Xharles chega ao streaming! Rafa Almeida há 6 dias 1 min Notícias | Já conhece a playlist do Feira Moderna Zine? Rafa Almeida há 6 dias 1 min Notícias | Marco D'Lacerda lança clipe de "Último Cigarro" Rafa Almeida há 6 dias 1 min Notícias | Cannon of Hate com novidades! Rafa Almeida há 7 dias 1 min Notícias | Conheça o Circo Voador no Ar! Rafa Almeida Nov 24 1 min Notícias | Novo Velho Punk homenageia Thurston Moore Rafa Almeida Nov 23 1 min Notícias | Colorido Artificialmente nas plataformas de streaming! Rafa Almeida Nov 23 1 min Notícias | Álbum da Mellotrons chega às plataformas digitais! Rafa Almeida Nov 22 1 min Notícias | Domingo é dia de live com Velho Oliveira! Rafa Almeida Nov 22 1 min Notícias | Tati Klingel lança clipe com Divine Pain Rafa Almeida Nov 21 1 min Notícias | Edição brasileira do Festival WoW acontece hoje! Rafa Almeida Nov 21 1 min Notícias | Sturle Dagsland lança música nova!

    • FMZ Recomenda | Feira Moderna Zine

      FMZ Recomenda Posts Are Coming Soon Stay tuned...

    • Feira Moderna Zine

      novidades Rafa Almeida há 3 horas 1 min Notícias | Festival do Barro de Porto Alegre começa nesta sexta! Rafa Almeida há 14 horas 7 min Entrevista | Escalpo Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Mutante Live apresenta Asteroides Trio! Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Ninguém lança seu primeiro clipe! Rafa Almeida há 2 dias 1 min Nos Fones | Up Against Down – People That Come and Go Rafa Almeida há 2 dias 3 min Artigos | 40 Anos de RDP... em casa. VER MAIS notícias VER MAIS Rafa Almeida há 3 horas 1 min Notícias | Festival do Barro de Porto Alegre começa nesta sexta! Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Mutante Live apresenta Asteroides Trio! Rafa Almeida há um dia 1 min Notícias | Ninguém lança seu primeiro clipe! entrevistas VER MAIS Rafa Almeida há 14 horas 7 min Entrevista | Escalpo Rafa Almeida Nov 2 11 min Entrevistas | Saulo Andrade (Cena da Música Independente) Rafa Almeida Out 28 7 min Entrevistas | Delinquentes artigos VER MAIS Rafa Almeida há 2 dias 3 min Artigos | 40 Anos de RDP... em casa. Rafa Almeida Out 30 5 min Artigos | Minha MTV ou Desliga a TV e Vai Ler Um Livro! Rafa Almeida Out 11 3 min Artigos | 150.000... Resista! nos fones VER MAIS Rafa Almeida há 2 dias 1 min Nos Fones | Up Against Down – People That Come and Go Rafa Almeida Nov 23 1 min Nos Fones | Escalpo – Retrocedendo Rafa Almeida Nov 21 1 min Nos Fones | Yannick Hara (feat. Verderame) - Necropolítica livros Rafa Almeida há 5 dias 1 min Livros | Almanaque Anos 80 Rafa Almeida há 7 dias 1 min Livro | Anos 80 - Quem Tem Um Sonho Não Dança Rafa Almeida Nov 19 1 min Livros | Bomba no Riocentro VER MAIS filmes & documentários Rafa Almeida Ago 22 1 min Filmes & Documentários | Gambiarra Rafa Almeida Jul 12 1 min Filmes & Documentários | Subversão em Movimento Rafa Almeida Jul 3 1 min Filmes & Documentários | A Ponte VER MAIS Posts em breve Fique ligado... fmz recomenda VER MAIS 1 Disco por Dia Rafa Almeida Out 31 2 min 1 Disco por Dia | Attaque 77 - Trapos Rafa Almeida Out 30 2 min 1 Disco por Dia | Legião Urbana - V Rafa Almeida Out 29 2 min 1 Disco por Dia | Legião Urbana - As Quatro Estações VER MAIS test drive de buteco Rafa Almeida Jul 5 3 min Test Drive de Buteco | Em tempos de quarentena... arquivos Dezembro 2020 (1) Novembro 2020 (72) Outubro 2020 (129) Setembro 2020 (120) Agosto 2020 (36) Julho 2020 (10) Junho 2020 (8) Maio 2020 (2) Outubro 2019 (1) Julho 2019 (1) Abril 2019 (3) Março 2019 (3) categorias Entrevistas (13) Nos Fones (42) Artigos (13) Filmes & Documentários (15) Notícias (206) Test Drive de Buteco (1) Livros (34) 1 Disco por Dia (62) FMZ Recomenda (0) baú Visite nosso antigo blog para acessar conteúdos não disponibilizados nesta versão do FMZ!

    Ver todos

Ajude o FMZ a continuar difundindo arte, cultura e resistência!

Siga o FMZ e compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter
  • Tumblr ícone social
  • Pinterest
  • YouTube
  • Spotify ícone social
  • RSS ícone social

Parceiros:

Portal Revoluta.jpg

Contribuições financeiras:

(saiba mais)

Fanzine de Niterói/RJ. Desde 2002.

© 2020 por Feira Moderna Zine.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now